Mudança estratégica na Portugal Ventures e mais 35M € para startups


Por: Daniel Araújo Há 3 anos, 9 meses atrás

A Portugal Ventures, tem sido, na minha opinião, um dos melhores veículos deste governo para apoiar o empreendedorismo Português. Ainda no ano passado, tive a oportunidade de transmitir quando mudou o secretário de Estado para o Empreendedorismo e Inovação. 

Passado este tempo todo, aquilo que vemos é que as Call for Entrepreneurship, que já vão na 6ª edição, têm sido um sucesso. Apoiaram dezenas de startups conhecidas de todos nós, como a Tuizzi, Youbeq, Zaask, GetSocial entre muitas outras. Todos estes investimentos foram Early Stage, mas no Portfolio da Portugal Ventures contam-se vários negócios maturos, que são mais Private Equity do que propriamente Venture Capital. Neste sentido, o Ministro da Economia, Pires de Lima, anunciou que a Portugal Ventures se irá focar mais no investimento de semente, ao invés dos negócios já maturos como a Alert e a Critical.

Estas são óptimas notícias para as nossas startups - ao haver um foco muito maior em novos negócios e novas ideias, isto significa que teremos mais startups apoiadas. Espero, claro, que este reposicionamento estratégico não só afecte os investimentos mas também o capital humano da Portugal Ventures, e procurem pessoas que compreendem esta nova forma de fazer negócios, os riscos associados, e qual o impacto que eles podem ter no Mundo.

35M € para apoiar startups

Na mesma conferência de imprensa, Pires de Lima também anunciou que já em Janeiro será criada uma linha de apoio para startups no valor de 35 milhões de euros, apesar de não termos, até ao momento, muitos mais detalhes. A somar a este valor iremos ter ainda uns adicionais 15 milhões de euros a ser co-investidos com Business Angels.

O que vos parece este reposicionamento da Portugal Ventures? 


Comentários