Portugal Ventures investe em novas startups de base tecnológica


Por: Fábio Silva Há 2 anos, 12 meses atrás

Whizztek, BParts e Xtourmarker foram as startups de base tecnológica selccionadas para o programa de financiamento da Portugal Ventures, no seguimento da iniciativa Call For Entrepreneurship. São notícias animadoras para o panorama do empreendedorismo nacional e, como não poderia deixar de ser, a NovaWeb conta-lhe tudo sobre estas novas empresas.

Comecemos com a Whizztek. Sediada nas instalações da UPTEC, no Porto, esta startup promete revolucionar a vida dos amantes do desporto. Fundada em 2012, a empresa lançou este ano a Fan Valley, uma espécie de rede social onde os utilizadores podem viver de perto a realidade dos seus clubes ou desportistas. Através das respectivas contas, os fãs podem manter-se a par de tudo sobre os seus interesses, participar em jogos e tentar adivinhar resultado de jogos em apostas com outros amigos. Actualmente, a aplicação é grátis e direccionada apenas para fãs de futebol. Encontra-se disponível em 9 línguas e conta com mais 10.000 adeptos de clubes de futebol de cerca de 120 países. "A Fan Valley oferece aos seus utilizadores uma voz activa no panorama do desporto e proporciona uma experiência única através dos seus smartphones", diz José de Bastos, fundador da Whizztek S.A.

Do desporto passamos para o ramo automóvel.BParts, um marketplace online de peças auto-recicladas que pretende unir centros de abate (popularmente conhecidos como sucatas) e oficinas de automóveis. A empresa opera num modelo B2B, o que simplifica todo o processo de compra e venda de peças online para profissionais. Luís Viera, CEO e fundador da BParts, explica que "como hoje em dia tudo é feito online, a empresa pretende modernizar todo o processo de transação de peças usadas". A BParts fornece as ferramentas necessárias para que Centros de Abate possam catalogar o seu stock e, simultaneamente, acederem a um forte canal de vendas. As oficinas "beneficiam igualmente de uma central de compras, acessível 24/7 com stock de múltiplos fornecedores de todo o país", diz Luís Vieira.

Finalmente, vamos conhecer a XTourmarker. Intimamente relacionada com o sector hoteleiro, a startup disponibiliza uma aplicação inovadora, combinando o know-how em turismo dos seus promotores (estiveram no lançamento da GocarTours Lisboa) com tecnologia de ponta baseada em cloud. Os hotéis e hostels podem agora oferecer aos seus hóspedes uma espécie de recepcionista de bolso que tem como objectivo acompanhar os utilizadores em todos os aspectos da sua experiência, desde a estada no espaço hoteleiro até à descoberta da cidade que visitam. A plataforma permite criar rapidamente uma APP em iOS e Android, totalmente customizada, com conteúdo turístico em vários, disponibilizando  rotas temáticas guiadas por GPS próximas da sua localização. Trata-se de uma ferramenta de comunicação única entre hóspedes e unidades hoteleiras. Esta plataforma promete criar grandes espectativas entre os utilizadores e unidades hoteleiras uma vez que vem colmatar uma falha do sector do Turismo no comércio digital. É que este é dos sectores que menos tem apostado em dispositivos móveis.

Através desta iniciativa, a Portugal Ventures já investiu em mais de 30 startups que ambicionam atingir o patamar de excelência no mercado global. A oitava edição do Call For Entrepreneurship está actualmente aberta. As candidaturas decorrem até ao dia 4 de Setembro e devem ser submetidas no website da Portugal Ventures.


Comentários